Recebemos a triste notícia do falecimento da Dra. Fis. Mariana Levi de Cabrejas, destacada física médica argentina, bem lembrada entre os membros mais antigos da comunidade de Medicina Nuclear Brasileira e que merece ser conhecida pelos colegas jovens.

 

Mariana, assim como Alípio Dias Neto, contribuiu de forma  marcante para o desenvolvimento da Física Médica e do conceito de Qualidade na América Latina , principalmente durante os anos de transição das técnicas analógicas para a instrumentação e os processamentos digitais.

 

Foi chefe da Divisão de Física Médica da Comissão Nacional de Energia Atômica (CNEA) da Argentina e expert da Agência Internacional de Energia Atômica (IAAE), tendo participado de vários projetos de pesquisa da ARCAL e produzido publicações de referência. Destacamos o livro “Tomografía en Medicina Nuclear” (1999).

 

A Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear expressa seus sentimentos de pesar à Asociación Argentina de Biología y Medicina Nuclear, bem como à família de Dra. Mariana Cabrejas.

 

Marycel Figols de Barboza

 

Anneliese R. G. Fischer Thom

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin