A prevenção do câncer de próstata é a pauta principal deste mês, marcado pela campanha do Novembro Azul

 

Este é o segundo tipo de câncer que mais atinge os homens, apenas menos frequente que o câncer de pele não-melanoma, por isso o diagnóstico precoce é fundamental.

 

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa de novos casos de câncer de próstata para 220 foi de 65.840, correspondendo a 29,2% dos tumores incidentes no sexo masculino e foram contabilizados 15.938 mortes decorrentes da doença. (2019 – Atlas de Mortalidade por Câncer – SIM).

 

Estima-se que cerca de seis a cada dez casos são diagnosticados em homens com idade acima de 65 anos, sendo considerados raros os casos antes dos 40 anos.

 

PSMA PET-CT

 

O PET-CT é um exame de imagem que une o PET (Tomografia por Emissão de Pósitrons) e a CT (Tomografia Computadorizada) e serve para diagnosticar lesões cancerígenas, oferecendo maior assertividade na escolha do tratamento.

 

No caso do PSMA PET-CT é possível identificar se o tumor sofreu metástase (invadiu outras partes do corpo) e verificar se as estruturas que aparentemente apresentam aspecto normal foram de alguma forma acometidas pelo tumor.

 

Preparo para o exame

 

• Usar roupas quentes e sem botões metálicos

 

• Levar exames de imagem anteriores como PSA sérico, anatomo-patológico da próstata, RM, TC ou PET-CT,

 

Como o exame é realizado

 

Para a realização do exame de imagem, o radiofármaco é injetado no paciente e ele permanece em repouso por cerca de uma a duas horas até ser levado ao equipamento de PET/CT.

 

Durante todo o exame o paciente deve ficar imóvel para a aquisição das imagens.

 

Para saber mais sobre Medicina Nuclear e informações importantes da especialidade, siga a SBMN nas redes sociais:

 

/Facebook
/Instagram

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin