A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) disponibilizou o formulário de autoavaliação para instalações da Medicina Nuclear

O formulário deverá ser encaminhado para a CNEN por todas as instalações de Medicina Nuclear, quando solicitarem Renovação da Autorização para Operação, a partir de 1° de fevereiro de 2023 ou sob demanda da CNEN. 

 

Este formulário já vem sendo aplicado desde 2020 para outras áreas da Coordenação-Geral de Instalações Médicas e Industriais (CGMI/CNEN) e tem como objetivo receber dos titulares informações referentes às fontes radioativas, IOEs, tecnologias e práticas adotadas na instalação. 

 

Guia para o Licenciamento e Controle de Instalações de Medicina Nuclear

 

O Guia para o Licenciamento e Controle de Instalações de Medicina Nuclear, foi atualizado para sua 4ª versão, havendo a inclusão: da obrigatoriedade de envio de requerimento do tipo FAV, contendo o formulário de autoavaliação, que deve ser encaminhado concomitantemente ao SCRA de Renovação da Autorização para Operação.

 

A partir de 1° de fevereiro de 2023 todos os requerimentos de Autorização para Construção e de Autorização para Modificação de Itens Importantes à Segurança devem apresentar o memorial de cálculo de blindagem naquilo que se refere à aquisição de Tc-99m (gerador e/ou monodoses, considerando que: a cota semanal de Tc-99m (para monodoses) a ser autorizada pela CNEN passa a ser definida como o produto do número de pacientes previstos por semana x a atividade média de Tc-99m administrada por paciente; a atividade nominal do gerador de 99Mo/99mTc será definida como a cota semanal de Tc-99m (proveniente do produto do número de pacientes previstos por semana x a atividade média de Tc-99m administrada por paciente) dividido por 3,7.

 

Fonte: Gov.br

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin