A medicina nuclear é uma especialidade médica que utiliza métodos seguros, praticamente indolores e não invasivos, com materiais radioativos, para fins terapêuticos e de diagnóstico.


O que o médico nuclear faz?


O médico nuclear é responsável por realizar e coordenar exames e tratamentos que envolvam o uso de radiação ionizante em tumores malignos e doenças benignas, além de realizar o diagnóstico, administrar doses de radiofármacos e emitir laudos médicos.


O que é necessário para ser um médico nuclear?


Para tornar-se um médico nuclear é necessário a graduação em medicina, posteriormente, o registro no Conselho Regional de Medicina (CRM), bem como a Residência Médica na área, em um estabelecimento credenciado à SBMN e/ ou ao MEC.

Por fim, é preciso fazer a prova de título de especialista emitido pela Sociedade, que acontece anualmente e possui três etapas: Prova Teórica de Clínica e Física (testes); Prova Teórica de Qualificação em Proteção Radiológica (CNEN); e Prova Teórico-Prática de Clínica e Física (slides e dissertativa). As etapas ocorrem no mesmo período, em geral, em dois dias consecutivos.

Faça parte você também dessa área que impacta profundamente na qualidade de vida de milhares de pessoas!

Para saber mais sobre a Medicina Nuclear e informações importantes da especialidade, siga a SBMN nas redes sociais:


/Facebook
/Instagram

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin